back Voltar ao Blog



Oito motivos para o seus pequenotes praticarem dança


Dançar! Quem não gosta?!?
Dançar é bom em qualquer idade, mas quando se fala de crianças!! Elas adoram mover-se ao som da música.
A arte de dançar tem ganho cada vez mais destaque nas atividades extracurriculares, pois a sua prática proporciona diversos benefícios à saúde do corpo.
Aqui ficam alguns motivos para que os seus pequenotes aprendam a dançar.

1- Estimula o funcionamento do cérebro- Qualquer tipo de movimento serve para conduzir informações ao sistema nervoso central. Caminhar é uma forma de alimento para o cérebro, andar de bicicleta é outra, assim como dançar. Acontece que a Dança consegue alimentar esse sistema nervoso de um modo ainda mais refinado com a série de movimentos a ela atrelados. Assim, quanto mais cedo uma criança aprende a dançar, mais "inteligente" seu corpo se torna em razão da qualidade desse estímulo.

2- Contribui para a saúde do corpo- Quem dança aprende a movimentar o corpo de acordo com as técnicas que precisam ser executadas com a postura adequada - posicionamento que se torna automático, um hábito, em quem toma o gosto de dançar desde pequenino.
3- Estimula a coordenação motora- Ao explorar novas maneiras de se mover e de se expressar, as aulas de Dança possibilitam à criança enriquecer o repertório pessoal de movimentos, incorporando noções de ritmo, equilíbrio e fluência - aptidões que podem servir de base para a construção de movimentos mais elaborados, aprimorando o crescimento individual para toda a vida.

4- Influência na formação como individuo- Todo tipo de experiência é fonte de conhecimento para uma criança. Isso significa que tudo o que ela recebe como informação vai de algum modo influenciar o seu desenvolvimento. No caso da Dança, ela contém informações corporais, sociais e emocionais que podem contribuir para o crescimento infantil. Aspetos como a sutileza, a organização, o estímulo à atenção e o poder de observação presentes no ensino da dança influenciam positivamente o desempenho da criança inclusive em outras atividades escolares, facilitando a compreensão de conteúdos mais complexos.
5- Ferramenta para comunicar com os outros- A criança usa o corpo para conhecer o mundo desde tenra idade. Com a Dança, ela ganha consciência de que se pode expressar, usando o próprio corpo.Bem orientada, a criança recebe estímulos para pesquisar as possibilidades de movimento físico, construindo modos de se relacionar com o outro e com o ambiente que a cerca.
6- Serve de ferramenta para se expressar- Durante a aula de Dança, a criança recolhe informação e com ela monta um conjunto que faça sentido para ela. Isso significa que ela vai testar movimentos e pouco a pouco descobrir a enorme diversidade de possibilidades do uso do corpo. Será essa consciência corporal que vai lhe permitir expressar-se de modo inédito.
7- Estimula o conhecimento estético- A partir das experiências corporais ativadas pela Dança, a criança tem oportunidade de se relacionar com o belo, o harmonioso - e também com o feio, o caótico. Aos poucos, ela vai exteriorizar o seu entendimento sobre o que é bonito e o que não é. Através da dança a criança testará o seu próprio corpo, entendendo os limites e o seu funcionamento. Desta forma, sentir-se-á livre para se envolver no processo de criação, revelando uma estética pessoal.

8- Incentiva o controle emocional- As Aulas de Dança estimulam a criança a ter no corpo um aliado, um instrumento que lhe ajuda a transmitir ideias e emoções. Ela aprende a fazer dos movimentos do corpo uma fonte de diversão e de prazer, sendo incentivada a dividir o que sente com o grupo e a conviver com as suas diferenças. Trata-se de um aprendizado emocional de grande alcance, capaz inclusive de combater a timidez e a insegurança.

http://www.pumpkin.pt/dicas/educacao/oito-motivos-para-o-seus-pequenotes-praticarem-danca
Segunda, 29 de Dezembro, 2014 por Lucie.Barreira